Grupo.

 Todos nós temos ou queremos ter um certo grupo de amigos.

Seja eles dos comuns, popular ou simplesmente que esteja com você,quando você precisa.
Ter um grupinho é o básico em sala de aula, no qual acabam sempre se formando os bolinhos no qual cada um fala com tais pessoas.
   A uma separação, na minha turma no qual são divididas em grupos e aquelas pessoas não falam com as outras apenas em alguma discusão no caso.
   Mas na vida temos que aprender a conviver com esses grupos pois é algo que não poderemos deixar de conviver.
  Pois esses grupos fazem parte das nossas vidas, não só em sala de aula, mas no nosso dia a dia, pois quem trabalha é rodeada por um grupo, no qual o que eu tenho que conviver é pessoas da família e que eu convivo cerca de praticamente um ano inteiro, com exeção de feriados, e finais de semana e claro e também convivo em aniversários.
   Mas nem sempre é tão simples conviver, em grupo, pois temos que ver que todos nós temos os nossos mal humores só que isso é normal, então temos que saber levar.
Só que as vezes trabalhar em família ou grupo tem suas criticas para melhorar só que não é tão simples assim conviver durante tanto tempo por dia, sem haver conflitos pois faz parte .
   A mesma coisa em sala de aula conviver todos os dias durante uma manhã, uma parte das nossas vidas passamos dentro daquela escola, então temos que procurar se darmos bem, só que nem sempre é possível, pois a turma tem uma separação no qual é totalmente divida, as conversas paralelas, mas na hora de fazer trabalhos em grupos é, sempre a mesma função é porque todos já tem seus grupinhos e sempre acaba sobrando alguém que acaba sendo encaixado em um desses grupos então a aquela função de sempre é porque eu não quero fazer com siclano e depois a função para resolver onde será feito o trabalho, como, e quando será o trabalho e blá,blá,blá.
  Mas desde  que tive uma experiência no qual foi um teatro a uns dois anos atrás, que nós tínhamos que fazer, e nós éramos 7 gurias, então foi algo de muitas discusão, bate boca, xingamos, onde seria o trabalho, pois não era tão fácil conseguir reunir todas e até por causa do dia e horário que não era tão fácil assim, mas depois de muitas brigas e descusão o trabalho ficou bom .
   Mas e quando você simplesmente pega um grupo, daqueles que não ligam a mínima para o trabalho você faz tudo sozinha e de ultima hora depois de tudo pronto, eles dizem que fizeram mas no dia da apresentação de 5 só vai vc e outra pessoa, você com seu trabalho pronto e ja sabendo o que iria apresentar e simplesmente a outra pessoa entrega umas 3 ou 4 folhas pra vc lêr e você não tem a mínima noção do que esta escrito lá pois é totalmente diferente do que você havia pesquisado.
  Então você apresenta, mas na hora de Lêr você acaba não conseguindo lêr algumas palavras e você esta com tanta mais tanta raiva que simplesmente apresenta aquele trabalho e quer sair logo dali, mas não pode, tem que aturar aquilo por mais algum tempo.
Isso acontece e faz parte da vida.
  Então quando dizem trabalhos em grupo, eu muitas vezes tento me encaixar rapidamente em um dos grupos ou até mesmo eu prefiro fazer sozinha, mas quando não é possível, temos que tentar se encaixar aquele grupo e dar o nosso melhor possível.
  Para que o trabalho fique bom o suficiente, e não deixar para a ultima hora, pois é sempre aquela correria e aquela função.

Ps : desculpa até o meio da semana sem postar, mas foi bastante ocupada e cansativa, então hoje eu resolvi postar e aproveitei a pauta da 84ª semana do blorkutando, pretendo apartir de amanhã, esse find retribuir as visitas e lêr e comentar nos blogs que possiveis.

5 comentários:

  1. pois é, viver um grupo é difícil msm.

    estou seguindo :)

    ResponderExcluir
  2. Chama-se trabalho em grupo porque todos tem que saber o conteúdo todo, que tem que ser coeso e coerente. Não adianta dividir, cada um pesquisar, redigir e decorar sua parte para falar (mas não adianta, porque todo mundo só se manca disso na faculdade, e olhe lá).
    Imagina uma situação de emprego, por exemplo. O chefe está se lixando se um dos analistas ficou doente, alguém vai ter que fazer a apresentação no lugar dele, apresentar os resultados e dizer quais as próximas ações. Se um não souber porque isso "era da parte do outro", se não for para a rua, no mínimo vai ficar bem queimado dentro da empresa.
    Mas sei lá, acho que a escola é justamente para isso, para fazer errado, sofrer as consequências e aprender na marra.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Oie flor...
    então é normal acontecer essas coisas de grupinho, a gente só pode tentar se encachar no outro grupo..
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ana, eu sempre fui contra trabalhos em grupo. Tah, pode ateh dzer q eh dor de cotovelo pq sou sempre o "excluido" da classe, mas naum eh SOH por isso naum, eh pelas injusticas msm q eu presencio. Sempre akba caindo nas costas de uma pessoa soh e os outros folgados ganhando a nota.
    Bjos e otima sexta pra ti.

    ResponderExcluir
  5. vida em grupo... pra mim, um desafio.
    nunca me dei bem na vida sociável, prefiro minha solidão.
    gostei do texto.
    ;*

    ResponderExcluir

Obrigado a todos que comentem, aos que me seguem e até mesmo os que visitam raramente, fazem parte da história deste blog!