Vergonha.

   Ana , sempre foi uma menina muito tímida e envergonhada, desde pequena, era uma pessoa quieta e que não gostava de falar muito com as pessoas.
  Procurava evitar falar com *estranhos*mas tinha que falar era um simples oi, quando as pessoas a cumprimentavam na rua.
  Ela sempre foi uma pessoa muito tímida, de poucas amigas, e que quase nunca procurava se encaixar em um grupo.
  Na hora de apresentar trabalhos na escola, também não gostava muito, algumas vezes até apresentava, mas depois de um episodio, que teve no qual era para ser apresentado um teatro, ela, fez em um dos ensaios para essa apresentação fez algo engraçado, inverteu algo que era para dizer, mas a maneira em que ela falou, suas amigas começaram a * brincar com ela, sobre o que ela havia falado* e aquilo aconteceu durante alguns ensaios, até mesmo depois eu fazendo certo, como elas queriam, aquilo gerou muitos conflitos é, foi algo que ficou bastante marcado, no dia da apresentação, ocorreu tudo normal, como deveria ser, é mas ficou por vários dias aquela historia, é, lembro como se fosse hoje fazem dois anos foi dia 03 de junho de 2008, algo que jamais esquecerei.
   Desde aquilo,eu que era uma pessoa bastante tímida, fiquei com pavor de apresentação, na verdade aquilo não foi tão ruim assim, mas depois de outras experiências que tive, é teve mais duas apresentação naquele ano de umas gincanas, mas ocorreu tudo normal.
  Mas no ano seguinte tive uma experiência nada agradável, simplesmente preparei todo um trabalho, chega no dia uma outra pessoa do grupo que foi a única que tinha ido na aula aquele dia, me apresenta um trabalho de mais ou menos 4 ou 5 folhas para Ler lá na frente para todos da turma, é sendo que eu não tinha lido e nem sabia o que tinha ali naquelas folhas.
  Eu li algumas partes, mas tinha partes que a voz parece que não saia, eu fiquei com tanta raiva depois daquele dia, pois pra mim eu tinha pagado o maior mico na frente daqueles idiotas, mas não adiantava me falar que nada, de tanta raiva que eu havia ficado, é depois daquele dia, eu nunca mais apresentei trabalho para toda turma.
  É Posso dizer que fiquei com um certo trauma* se é que pode se dizer assim, mas além de eu ser assim, bastante tímida, é uma característica minha, algo que não irei mudar, apenas aprenderei a lidar e conviver com ela a cada situação.
  É nós meus tempos de dança, nas apresentações era assim, sempre antes de se apresentar, sentia um certo medo, uma certa angustia, vergonha mas depois que terminava a apresentação, ocorria tudo certo, tive grandes realizações, prêmios e momentos de felicidades.
  É eu sempre fui uma pessoa quieta e tímida, e não tenho vergonha de admitir tudo isso, pois já passei por tantos momentos bons por causa disso são boas e ruins lembranças, mas mais do que isso momentos que serão para sempre únicos com pessoas únicas.
  Sinto que minha timidez atrapalha e atrapalhara bastante ainda, mas temos que aprender a conviver também a administra - lá.

4 comentários:

  1. Acho que todos já passamos por situações como essas ;D legal o post ;) boa sorte.

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, e você escreve muito bem, parabéns.
    beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  3. Timidez pode causar situações embaraçosas e engraçadas ao mesmo tempo, quem nunca ficou morto de vergonha por ser tímido demais, acredito que todo mundo já ficou com vergonha por ser tímido em algum momento da vida, tem situações que até a pessoa mais extrovertida do mundo tem vontade de sumir. Ainda bem que podemos lidar com isso e evitar que vire doença, e/ou evitar que cause afastamento. Estou de blog novo. :)

    ResponderExcluir
  4. Nossa menina, to junto contigo. Sou uma garota tão tímida que muitas vezes sou prejudicada com isso. É duro .-.
    Mas um dia vamos melhorar isso. Minha mãe disse que com a idade, a timidez melhora (:

    Obrigada pela visita,
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado a todos que comentem, aos que me seguem e até mesmo os que visitam raramente, fazem parte da história deste blog!