Os farois do carro.

Barbara, ao descobrir que estava sendo traida por seu noivo e sua melhor amiga.
Simplesmente sai, sem rumo.
Até que aquele velho carro, que deixaram para ela,quando fez seu aniversario de 18, no qual ela havia deixado de lado, atirado na velha garagem.
Um dia, seria ultimo, pelo menos naquela circunstância.
Pegou o velho carro e saiu sem rumo.
Até que derrepente estava em uma praia pequena que tinha ali, a alguns km.
Parou, desceu do carro.
Caminhou alguns passos. Deixou o farol do carro e parou com os pés descalços na areia.
E ali com seu vestido branco no qual era o do seu encontro e uma jaquetinha tão azul claro, ficou parada por algum tempo.
E então começou a refletir sobre tudo que havia acontecido nas ultimas horas, nos últimos tempos.
Que mais uma vez ela estaria sendo enganada pelas pessoas que ela mais gostava.
Só que ali ela, tomou uma decisão e disse que iria mudar radicalmente e que não seria mais aquela que se deixava enganar por qualquer pessoa.
Que dizia que gostava dela.
                                             E foi ali, naquele momento que ela fez um juramento em que ela nunca mais séria, aquela que um dia foi humilhada e colocada para baixo pelas pessoas que diziam gostar dela.
Mas também neste dia não resolvi, mudar só minha aparência física e sim o meu interior para então eu ser uma nova pessoa.
É ainda bem que guardava minha maquina sempre avisa, para caso, algo acontecesse eu pudesse registrar e foi o que eu fiz antes de fazer meu juramento, tirei uma foto daquele momento, daquele dia, daquela mudança que estava por vir.
É eu mudei, mas só depois de perceber que só aprende errando.
                 Depois de algumas horas eu acabei voltando para casa, pois afinal já estava tarde, cheguei não tinha ninguém em casa então acabei indo dormir.
Para então no outro dia começar a mudança, não lembro direito estava cansada, pois o dia tinha sido cansativo e eu acabei adormecendo logo depois de deitar.  E foi assim depois de uma despesão que eu mudei e deixei de lado aquela pessoa que acreditava em qualquer coisa ou qualquer um,que se dizia uma pessoa confiável.
Pauta para a : 39º edição visual do bloiquês. Acabei não postando, porque quando vejo ou já não posso mais postar ou tenho problemas com a internet.

5 comentários:

  1. Adorei o texto!
    Boa sorte no Bloínquês.

    ResponderExcluir
  2. "..deixei de lado aquela pessoa que acreditava em qualquer coisa ou qualquer um,que se dizia uma pessoa confiável."
    sim, eu tbm fiz isso!
    muito lindo, amei demais *-*
    http://mudandopordentro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. é difícil tomar atitudes depois de ser pega de surpresa, e ter se machucado, mas uma mudança sempre pode acontecer fazendo nossas vidas mudarem.

    ResponderExcluir
  4. É, um dia todas nós cansamos de certas pessoas, e confiar na maioria delas, mudar é bom, ainda mais nesse caso. ^^

    ResponderExcluir

Obrigado a todos que comentem, aos que me seguem e até mesmo os que visitam raramente, fazem parte da história deste blog!